sábado, 27 de fevereiro de 2016


O Poeta Adalésio Vieira recita poema e também canta Música Couro de Boi.



Adalésio Vieira recita poema e também canta Música Couro de Boi
de (Palmeira- Teddy Vieira e Diego Murelo), cantada por divesas duplas sertaneja.
É desta forma que a casa do Poeta Lampião recebem poetas que cantam e declamam representando a cultura Brasileira.
video
A Casa do Poeta Lampião de Gás São Paulo SP é um lugar maravilhoso para declamar poesias e outros estilos poéticos.

As reuniões "sarau" acontecem todas as terças feiras a partir das 18 horas na Rua Alvaro Machado,22 Liberdade centro São Paulo. O Poeta se diverte recitando ou cantando
A Casa do Poeta Lampião de Gaz em São Paulo é  uma das  mais antiga casa de poesia no Brasil. Os poetas são criativos.
Casa do Poeta Lampião de Gáz -Centro São Paulo é um lugar onde a poesia acontece em todos os estilos com o melhor da literatura. Lá você recita qualquer tipo de poesia, também canta, conta istória, piada etc.
Poetas fazem fotografia em pouse para as mídias 
A Casa Lampião de Gás é uma das mais antigas entidades de poesias no Brasil. Fundada por YDE (ADELAIDE) SCHLENBANCH BLUMNSHIN. Pseudônimo Colombina, em 07-11-1954, também fundou o fanal (jornal), mensário da entidade , que circula até hoje. Muitos poetas permanecem até hoje e vem sempre se  renovando .
As reuniões litero- música da Casa do Poeta continuam sendo ás 18 h ás 20 h nas  terças feiras  no Auditório  “Paulo Zingg” no segundo andar no edifício da A.P.I, numa gentileza da Associação Paulista de Imprensa na Rua Álvaro Machado- 22 Centro/ Liberdade SP.
Na diretoria atual tem como presidente: Wilson de Oliveira Jasa, Vice Presidente: Adriano Augusto da Costa e Segunda Secretária: Odila Paciência, Embaixadora cultura Nilzangela Lima Souza"Nica". Já é um sucesso as reuniões (saraus) poéticos apresentado na Casa do Poeta Lampião de Gás, sempre com um bom número de associados e participantes da poesia que durante décadas apreciam a literatura. Alem de muitas poesias bacanas nos eventos, acontecem também a música para ilustrar e tornar mais agradável. Na Casa do Poeta tem também espaço para outros tipos de cultura como a piada, conto, trova, histórias, mesmo o grande foco sendo a poesia e o soneto.
Por: Sebastião Vieira  (reportagem).

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

A casa do Poeta Lampião de gas  recebe novos poetas


A  Casa do Poeta Lampião de Gás em São Paulo SP é um lugar maravilhoso para declamar poesias e outros estilos poéticos. As reuniões "sarau" acontecem todas as terças feiras a partir das 18 horas na Rua Alvaro Machado,22 Liberdade centro São Paulo.
Poetas posam para fotos apos reunião/foto: Daniel Teixeira

Na reunião ocorrida dia 02-02-2015, estiveram presentes um bom número de poetas deixando feliz a  diretoria: Wilson de Oliveira Jarsa, Odila Placencia, Adriano e os poetas associados e convidados, entre eles Cacá Lopes cantor, declamador cordelista representante do Sarau da Bodega que fez bonito tocando, mesmo com deficiência no braço esquerdo apresentou brilhantismo, além de recitar bem o cordel valorizando a cultura nordestina.
  Wilson de Oliveira Jarsa presidente da Casa do Poeta Lampião de gás comentou sobre a historia da casa, fundação e progresso. Segundo ele a poesia na capital paulista já teve destaque em outras decas como nos anos 60, 70 e 80, onde existiam em média 200 grupos poéticos que se chamavam de Recital poético, mencionou também que atualmente este sucesso voltou, entretanto hoje tem um número bem próximo que se chama Sarau ou outros nomes como café com poesia, quintal da poesia entre outros.
Nilzangela recebe prêmio /foto: Sebastião Vieira
O grande sucesso da casa do Poeta Lampião de gás  nos últimos dois anos se deve a paixão poetica dos poetas associados que na maioria tem 40 anos na poesia e raças também a   Nilzángela Lima que trouxe renovação a poesia, graças a sua iniciativa e objetividade o grupo tem tido destaque internacional, principalmente depois do magnifico concurso internacional no final de 2015 que teve participações de poetas do mundo todo, com participação de Adriano presidente da Associação Portuguesa de poetas. Entretanto Nilzangela
"Nica" tem contribuído de forma brilhante com a poesia Lampião de Gás, nesta terça feira recebeu mais um troféu Talentos Helvéticos brasileiros, hoje ela representa Embaixadora, onde vem visando objetivos de crescimento para que a poesia volte ao patamar de antes. A poesia ao longo caminho sofreu mudanças, mas continua bela sem perder raízes, raízes do soneto, da poesia, da quadra e do poema etc.
Cacá Lopes cantor, declamador cordelista.


                                 APRESENTAÇÃO DE POETAS NO SARAU

A Casa Lampião de Gás é uma das mais antigas entidades de poesias no Brasil. Fundada por YDE (ADELAIDE) SCHLENBANCH BLUMNSHIN. Pseudônimo Colombina, em 07-11-1954, também fundou o fanal (jornal), mensário da entidade , que circula até hoje. Muitos poetas permanecem até hoje e vem sempre se  renovando .
video
As reuniões litero- música da Casa do Poeta continuam sendo ás 18 h ás 20h nas  terças feiras  no Auditório  “Paulo Zingg” no segundo andar no edifício da A.P.I, numa gentileza da Associação Paulista de Imprensa na Rua Álvaro Machado- 22 Centro/ Liberdade SP.
Na diretoria atual tem como presidente: Wilson de Oliveira Jasa, Vice Presidente: Adriano Augusto da Costa e Segunda Secretária: Odila Paciência. Já é um sucesso as reuniões (saraus) poéticos apresentado na Casa do Poeta Lampião de Gás, sempre com um bom número de associados e participantes da poesia que durante décadas apreciam a literatura. Alem de muitas poesias bacanas nos eventos, acontecem também a música para ilustrar e tornar mais agradável.
Por: Sebastião Vieira.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

CASA DO POETA LAMPIÃO DE GAS SP teve um 2015 repleto de poesias


Os poetas Adilson e Rincão fazeram  homenagem poetica a embaixadora Nilzángela Lima


video
A Casa do Poeta Lampião de Gás está Coligada à Associação Portuguesa de Poetas. Porem é um lugar maravilhoso para declamar "recitar"poesias e outros estilos poéticos. As reuniões "sarau" acontecem todas as terças feiras a partir das 18 horas na Rua Alvaro Machado,22 Liberdade centro São Paulo. Na terça feira 08-12-15 recebeu o Presidente da Associação portuguesa de Poetas, Antonio Adriano Paz da Rosa junto a sua esposa, portanto a Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo tem recebido visitas internacionais isto mostra seu crescimento, também nesta terça tivemos entrevistados com matéria exclusiva ao site casadopoetalampião de gaz sp, Jasa, Adriano, Nilzangela falaram da programação 2016.
Na diretoria atual tem como presidente: Wilson de Oliveira Jasa, Vice Presidente: Adriano Augusto da Costa e Segunda Secretária: Odila Paciência, embaixadora Nilzángela Lima. Já é um sucesso as reuniões (saraus) poéticos apresentado na Casa do Poeta Lampião de Gás, sempre com um bom número de associados e participantes da poesia que durante décadas apreciam a literatura. Alem de muitas poesias bacanas nos eventos, acontecem também a música para ilustrar e tornar mais agradável. Na Casa do Poeta tem também espaço para outros tipos de cultura como a piada, conto, trova, histórias, mesmo o grande foco sendo a poesia e o soneto.
São Paulo torna- se uma cidade de muita cultura
A população de São Paulo vem tendo oportunidade, para fazer oficinas e participar de reuniões “sarais poéticos gratuitos, sendo assim, aprimorando ainda mais seu intelecto e beneficiando na melhora da qualidade de vida. Aqui na Casa de Casa do poeta Lampião de Gás acontecem  reuniões de poesias todas as terças feiras.  Muitos poetas comparecem para declamar e recitar seus poemas.

CASA DO POETA LAMPIÃO DE GAS SP

"O poeta Adalésio Vieira recita poesia de Patativa do Assaré"

A Casa do Poeta Lampião de Gás está Coligada à Associação Portuguesa de Poetas. Porem é um lugar maravilhoso para declamar "recitar"poesias e outros estilos poéticos.
video

 As reuniões "sarau" acontecem todas as terças feiras a partir das 18 horas na Rua Alvaro Machado,22 Liberdade centro São Paulo. Na terça feira 08-12-15 recebeu o Presidente da Associação portuguesa de Poetas, Antonio Adriano Paz da Rosa junto a sua esposa, portanto a Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo tem recebido visitas internacionais isto mostra seu crescimento, também nesta terça tivemos entrevistados com matéria exclusiva ao site casadopoetalampião de gaz sp, Jasa, Adriano, Nilzangela falaram da programação 2016.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Diretoria da Casa do Poeta conquista destaque internacional


CASA DO POETA LAMPIÃO DE GAS SP/ REUNIÃO 08-12-15 



Agora somos poetas internacionais apos a coligação Brasil Portugal foi o que disse Adriano Augusto muito feliz.. A Casa do Poeta Lampião de Gás está Coligada à Associação Portuguesa de Poetas .

A Casa do Poeta Lampião de Gás São Paulo SP é um lugar maravilhoso para declamar "recitar"poesias e outros estilos poéticos. As reuniões "sarau" acontecem todas as terças feiras a partir das 18 horas na Rua Alvaro Machado,22 Liberdade centro São Paulo. Nesta terça feira recebeu o Presidente da Associação portuguesa de Poetas, Antonio Adriano Paz da Rosa junto a sua esposa Tereza, portanto a Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo tem recebido visitas internacionais isto mostra seu crescimento, também nesta terça tivemos entrevistados com matéria exclusiva ao site casadopoetalampião de gaz sp, Jasa, Adriano, Nilzangela falaram da programação de final de ano.
video
A Casa do Poeta Lampião de Gás tem um trio brilhante que trabalha com amor e carino levando a poesia por todas as fronteiras, hoje ela já está em Portugal, onde esta Coligada à Associação Portuguesa de Poetas, também está sendo divulgada em outros países, alem de ter um grande conhecimento nacional por todos Estados do Brasil. Na diretoria atual: Wilson de Oliveira Jasa, Vice Presidente: Adriano Augusto da Costa e Segunda Secretária: Odila Paciência: 
video
Na diretoria atual tem como presidente: Wilson de Oliveira Jasa, Vice Presidente: Adriano Augusto da Costa e Segunda Secretária: Odila Paciência, embaixadora Nilzángela Lima. Já é um sucesso as reuniões (saraus) poéticos apresentado na Casa do Poeta Lampião de Gás, sempre com um bom número de associados e participantes da poesia que durante décadas apreciam a literatura. Alem de muitas poesias bacanas nos eventos, acontecem também a música para ilustrar e tornar mais agradável. Na Casa do Poeta tem também espaço para outros tipos de cultura como a piada, conto, trova, histórias, mesmo o grande foco sendo a poesia e o soneto.
video
Na Casa do Poeta Lampião de Gás, sempre com um bom número de associados e participantes da poesia que durante décadas apreciam a literatura. Alem de muitas poesias bacanas nos eventos acontece também a música para ilustrar e tornar mais agradável.
Na Casa do Poeta tem também espaço para outros tipos de cultura como a piada, conto, trova, histórias, mesmo o grande foco sendo a poesia e o soneto. Umas das atrações é a pianista Senhora Dulce França que inicia com o hino da Casa do Poeta, Lampião de Gás música da Cantora Elizete Barroso. Quem também contribui na parte musical é a cantora Maura Fernandes. Daniel Teixeira é um poeta que tem contribuído com a casa, além dos seus belos poemas ele é um dos fotógrafos da casa postando material nas redes sociais. ´Já a poetisa Nilzangela entrevistou a poetiza Tereza portuguesa e foi homenageada pelos colegas poetas Adilso e Militão com poemas.

Por: Sebastião Vieira (jornalista)

Imagens: Sebastião Vieira .

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Acontecerá Associação de Portuguesa de Escritores no dia 9 de dezembro - Jose Rodrigues Miguéis





A Associação Portugues de Escritores leva a cabo, no próximo dia 9 de Dezembro, pelas 18h00, no Espaço Arte Sénior da AASPT (Av.ª Duque de Loulé, 33) uma sessão evocativa a José Rodrigues Miguéis.

Esta iniciativa, de entrada livre, tem a participação de Teresa Martins Marquesque abordará o tema “O Milagre das Escrita segundo José Rodrigues Miguéis.

SÃO PAULO - 462 ANOS De Fundação - Poeta ADRIANO AUGUSTO DA COSTA FILHO,

  
SÃO PAULO - 462 ANOS DE FUNDAÇÃO !
(1554/2015)
Adriano Augusto da Costa Filho

 

São Paulo terra querida,
Há quatro séculos urdida.
Nascida para ser amada
Por todo o Brasil adorada !

  
São Paulo  ouro de alto quilate,
É  Brasil inteiro do Sul ao Acre.
A entrada em São Paulo é grátis,
De avião, ônibus ou de táxis !

 
São Paulo, terra amada do Brasil,
De nossa terra linda e varonil.
Verde, amarelo, azul e branco,
Do nosso eterno Brasil um encanto !

 
São Paulo do Brasil fazemos parte,
Sempre com carinho, amor e arte.
Padre Manuel da Nóbrega fundador,
Deixou sua marca com carinho e amor !

 
Somos todos brasileiros pelo sol,
E paulistas com brilhante arrebol.
São Paulo terra encantada com amor,
E do jardim de flores, enfeitada com olor !


ADRIANO AUGUSTO DA COSTA FILHO,
Presidente do Movimento Poético Nacional
Vice-Presidente da Casa do Poeta de São Paulo
Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa/Portugal

Ordem Nacional dos Escritores do Brasil 

domingo, 15 de novembro de 2015

Poemas - Vencedores

 1° Lugar  Fermoso1 Mar  -  -   Dimithryus -  São Paulo - Brasil

Ouve ó mar, o canto do mundo

Que hasteia suas velas na vontade

Quebrando com as olas despercebidas.

Faz da caravela o carro de Zeus

Cala-te ó vento que rufa entre abismos

O peito que bate ligeiro e sigiloso

A cortar os mares além da Tropobana2.

Reúna-se a gana dos mares todos

A Goa, Damão, Diu3 e Vera Cruz4

Que suas naus nunca cessem

E não cale o grito oculto do navegador.

Suas naves sobrevoam as águas

E recriam os mapas do novo mundo

São os mares de Atlas, nunca dantes navegados.

No monte que se oculta

Ó geração Luso

Repicam as velas de Cristo

As velas de África a Ásia 

Da ocidental praia lusitana

A afagar seus filhos a fermosa mãe.

Ouve ó mar, o canto do mundo

Que hasteia suas velas na vontade

A repicar as velas de Cristo

Da ocidental praia lusitana.

...................................................







...................................................

2° lugar Portugal

Ana Bela Borges

As palavras custam a sair 

como metidas no espaço da voz 

em talas dimensionais 

que as prendem e lhes amarram 

as asas que antes tinham 

leves como pardais.

As palavras custam a sair 

porque os dias que passaram 

trouxeram a sombra à luz do ninho 

e deixaram-te a alma 

que trazias calma 

num desalinho.

Levará tempo até que prepares as palavras 

até que as encontres 

as alises e as limpes de impurezas 

as amacies as tragas à boca ou ao aparo da caneta 

as acaricies 

as devolvas à curva escondida das incertezas.

E quando voltares a ter as palavras 

para dizeres dos dias e das noites 

das horas 

das asas 

da alma 

Serás de novo o ser frágil e pequenino 

que aprende a usar o verbo 

a abrir o bico 

a estender as asas


a abandonar o calor do ninho.

ANABELA BORGES


....................................................................................................
3° lugar - Sanjo Muchanga - Cidade de Maputo - Africa

Aos Críticos Literários

Sempre escrevo no silêncio das vozes humanas

Sempre questiono porque tanto escrevo poesia

E as vezes escrevo as histórias e as crónicas vazias

Seria a preguiça de pensar em outros assuntos?

Não terei resposta senão indagações sombrias

Que caracterizam a dor e o vazio dum ser poético 

Se tiver, será um mero conceito do nada ser

Para enfatizar a ignorância da escrita que me fez.

Tão normal é viver de lamentações e favores

Difícil é reconhecer a alma que vitaliza o poeta

Tão normal é lançar a crítica aos escritos divinos

Difícil é saber a origem das mesmas na divindade.

Escrevi tanto mas ainda não sei o que tanto escrevi

Apenas libertei vozes do meu íntimo, acho poético

Para descrever o que tanto falo e escuto do silêncio

Que me aprisiona nesta vontade de escrever-vos.

Sanjo Muchanga




segunda-feira, 19 de outubro de 2015

lançamento da coletânea e a premiação do concurso literário Brasil Portugal foi um sucesso



lançamento da coletânea e concurso literário Brasil Portugal 2015 contou com vários artistas


Neste sábado 17-10-15 foi realizado um grande evento literário da Casa o Poeta de São Paulo em Coligada à Associação Portuguesa de Poetas. O evento marcara o lançamento da coletânea Brasil Portugal e entrega da premiação do concurso literário Brasil Portugal teve inicio as 16: 00,
Jasa e Nica apresenta os vencedores do concurso literário (foto: Sebastião Vieira)
porem este concurso teve concorrente do mundo todo, de diversos países de todos os continentes: Estados Unidos, França, Espanha, Chile, Argentina, Japão, China, Austrália, entre outros. Foram recebidos cerca de 950 trabalhos literários entre poesias e sonetos. No evento esteve presente o presidente do movimento poético de Portugal: Antonio Adriano da Rosa e o Jornalista Fernando de Abreu.
Foto: Sebastião Vieira
O evento  aconteceu na Biblioteca da Casa de Portugal, Avenida Liberdade 602, 3º andar Centro São Paulo.
A festa foi coordenada pelo presidente da Casa o Poeta Lampião de Gas SP E Presidente da Sociedade Mundial dos Poetas: Wilson de Oliveira Jasa, o vice Adriano Augusto da Costa Filo, a secretária Odila  Placencia e a diretora social Nilzangela de Sousa Lima. Estão confirmadas algumas mídias "imprensa", jornal do Braz, Rádio Trianon, Jonal Lusitano notícia do Diviseu, jornal Imprensa da API, jornal Zona Leste e o Jornalista da Casa do Poeta Lampião de Gás também poeta Sebastião Vieira, Diretoria do Movimento Poético, Café com Poesia, entre outros. O que se viu foi um lindo evento literário com muita poesia e música. Poetas e cantores de todos os cantos se apresentaram no palco com presença de bom publico.
Na premiação Wilson de Oliveira Jasa recebeu: Diploma da Fundação luso-Galaica, de Cultura (Portugal)

Foto: Alexandre Jasa
A Casa o Poeta de São Paulo  Coligada à Associação Portuguesa de Poetas.

Antonio Adriano Pais Rosa, Wilson  Jasa, Fernando de Abreu


Nossos parabéns a Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo, ao Movimento Poético em São Paulo e aos organizadores Adriano Augusto da Cosa Filho e Wilson de Oliveira Jasa, E Nilzangela de Sousa Lima

Foto: Wilson  Jasa








Reportagem: Sebastião Vieira/ fotos : Sebastião Vieira, Jasa e Daniel


                                   VEJA VÍDEOS: MELHORES MOMENTOS DA FESTA
video

video
video


                                   VEJA MAIS FOTOS NA CAMARÁ É CLICAR APARECE






VEJA A LISTA DOS ARTISTAS PRESENTES/ ARTISTAS: APRESENTADORES, MÚSICOS, POETAS, CANTORES E TODOS QUE ESTIVERAM PRESENTES:



domingo, 18 de outubro de 2015

Resultado Concurso Literario Casa do Poeta de São Paulo

            Resultado Concurso Literario Casa do Poeta de São Paulo

              Brasil  -Portugal
Casa do Poeta " Lampião de Gás" de São Paulo
Brasil- Portugal

 Poemas Vencedores

                     
 Colocação 
     
 Nome..........................................................Poema                                           

1º Lugar   -      Dimithryus Padilha.

                ....................................................Fermoso Mar.

2º Lugar   -      Anabela Borges.

..........................................................As palavras Custam a Sair. 


3º Lugar   -      Sanjo Muchanga.

.........................................................Aos Critícos Literários 


Menção Honrosa


1º Lugar  -        Cesar do Rego Freitas DabusMaluf.

........................................................................Vida Sem Amor.

2º Lugar  -        Roberto Ferreira Silva.

 ..................................................................Sem voce Perco a Razão.

3º Lugar  -        Biana Vieira Peixoto.

................................................Falsidades de Poeta. 


Comissão Julgadora: 
Presidente da Casa do Poeta -  Wilson de Oliveira Jasa
Vice Presidente Adriano - Augusto da Costa Filho.
Presidente da Comissão - Odila Placêcia.
Organização e Coodernação - Nilzangela de Lima Souza.

São Paulo 18 de outubro 2015

Abujamra - Provocações

Abujamra - Provocações
Envie Poemas e Textos

Convite - Radio Trianon 740 AM

Convite - Radio Trianon 740 AM
Homenagem ao Poeta Paulo Bomfim

Mais Visitados

Convite

Convite

APE

APE
Associação Portuguesa de Escritores